UA-84155756-1

MULTIPLICA DIGITAL – ABRAFARMA FUTURE TRENDS DISCUTE O FUTURO DA FARMÁCIA PÓS-PANDEMIA

By: | Tags: | Comments: 0 | setembro 4th, 2020

Abrafarma Future Trends discute o futuro da farmácia pós-pandemia

Abrafarma Future Trends discute o futuro da farmácia pós-pandemia

Considerado o maior congresso do varejo farmacêutico da América Latina, a 7ª edição do Abrafarma Future Trends será totalmente digital e ocorrerá de 14 a 18 de setembro. O tema principal do evento será o futuro da farmácia e as transformações do varejo pós-pandemia. A previsão da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) é reunir mais de 6 mil executivos e formadores de opinião ligados ao varejo, ao atacado e à indústria farmacêutica.

“Neste momento de pandemia, avançamos cinco anos em cinco meses. O varejo assimilou lições importantes que estão modificando a forma como as lojas se relacionam com o cliente”, ressalta Sergio Mena Barreto, CEO da entidade.

No dia 9 de setembro, das 9h às 11h20, será realizado um pré-evento de aquecimento com apresentação de Eduardo Terra e Alberto Serrentino, curadores do congresso. “Vamos conduzir um debate com a participação de Sydney Clark, vice-presidente sênior de consultoria e tecnologia da IQVIA, e  de Paulo Paiva, vice-presidente Latam da Close-Up International, sobre o panorama global do mercado farma e como a Covid-19 está impactando a demanda e o comportamento de consumo, trazendo insights para a realidade brasileira”, explica Serrentino.

Segundo ele, o varejo farmacêutico no Brasil é extremamente maduro e competitivo, com um ambiente regulatório que vem caminhando nos últimos anos para uma desregulamentação e flexibilização. “Tanto é que as farmácias estão conseguindo ampliar sortimentos em categorias nas quais antes havia limitações, aumentando a oferta de serviços e se tornando de fato um elo importante da cadeia da saúde”, comenta.

30 horas de conteúdo

O congresso contará com mais de 30 horas de conteúdos divididos em dois painéis: Super Sessões, espaço dedicado a debates com especialistas internacionais; e Encontre o Varejista, no qual as 26 redes associadas apresentarão estratégias de negócios voltadas para a indústria farmacêutica.

No dia 15 de setembro, a partir das 9h, haverá um painel com o médico Yossi Bahagon, um dos líderes do projeto de digitalização da saúde de Israel, que falará sobre o futuro da saúde e onde a farmácia se insere. “Bahagon mostrará sua visão integrada de toda a cadeia de valor da saúde, suportada por tecnologia e dados, e como isso pode dar um salto de qualidade ao setor”, detalha Serrentino.

A segunda super sessão acontece no dia 18, quando o norte-americano Neil Stern, sócio da consultoria McMillanDoolittle, explanará sobre o acelerado processo de transformação por que passam as farmácias dos Estados Unidos em função da Covid-19. Os dois palestrantes participarão, ainda, ao vivo, de uma sessão de perguntas e respostas.

Já as 23 sessões do Encontre o Varejista acontecerão todos os dias, de 14 a 18 de setembro. Nesses encontros, cada qual com até 60 minutos de duração, as redes associadas à entidade apresentam ao mercado seus projetos e estratégias para o período de pós-pandemia e para o próximo ano.

Debates e análises sobre a realidade brasileira

Nos dois dias de palestras, serão realizados debates e análises conduzidas pelos curadores sobre a transformação digital do varejo e do negócio da farmácia. “Nosso objetivo é amarrar e conectar todos os insights a fim de deixar pontos de atenção e reflexão para os participantes”, explica Serrentino.

No primeiro dia, o debate contará com a participação do secretário-executivo do Ministério da Economia, Marcelo GuaranysEugenio De Zagottis, vice-presidente da RD – Gente, Saúde e Bem-Estar e presidente do Conselho Diretivo da Abrafarma; Rodrigo Pizzinato, CEO da Extrafarma e Romeu Côrtes Domingues, Presidente do Conselho da DASA. Já no segundo dia, participarão do debate Marcelo Cançado, sócio-diretor da Rede Drogal, o presidente do Grupo DPSP, Marcelo Doll; e Renato Porto, diretor de relações institucionais da Abrafarma.

Segurança e Transmissão

O formato digital não impede que o evento provoque reflexões estratégicas e permita a interação dos associados da Abrafarma com seus parceiros e fornecedores. “Teremos ferramentas e tecnologias que permitirão a interação ao longo da semana em ambiente fechado para que os participantes possam se encontrar e dialogar virtualmente”, finaliza Serrentino.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

You must be logged in to post a comment.