UA-84155756-1

MULTIPLICA INFORMATIVO – VENDAS ONLINE DOBRAM E LEVAM FARMÁCIAS PARA MARKETPLACES

By: | Tags: | Comments: 0 | julho 31st, 2020

Vendas online dobram e levam farmácias para marketplaces

Influenciadas pela pandemia e pelo isolamento social, as vendas online no grande varejo farmacêutico mais que dobraram de janeiro a junho deste ano, em comparação com o mesmo período de 2019, segundo a Abrafarma. Com essa tendência e atentas à alta da concorrência digital, redes de farmácias que restringiam essa operação aos seus próprios e-commerces iniciaram um movimento de migração para plataformas de marketplace.

Em abril, a Raia Drogasil decidiu firmar uma parceria com a Farmaindex, plataforma profissional de pesquisa de medicamentos fundada no fim do ano passado. Desde o começo da pandemia, a média de aumento nos cliques mensais chega a 50%. “O número de consultas também dobrou e estamos cadastrando mais 200 novos medicamentos e produtos farmacêuticos”, comenta o fundador  Wilton Torres. Em julho, foi a vez de as Farmácias Pague Menos fechar um acordo com a empresa.

O setor farmacêutico também atraiu a atenção da Linx, especialista em sistemas de gestão para o varejo. A empresa firmou parceria com a B2W, viabilizando uma integração de plataformas de e-commerce farmacêutico aos principais marketplaces da companhia, deixando o varejista apto a publicar seus produtos em sites como AmericanasSubmarino e Shoptime.

“A solução conta com transportadoras previamente configuradas e meios de pagamentos integrados, que facilitam as conversões via cartões de crédito, com sistema antifraude e conexão com o sistema ERP do ponto de venda”, afirma Rogério Vieira, diretor do segmento de Farmácias na Linx.

Outra parceria foi fechada com a Simplus, especializada em automação do cadastro de produtos. “Com isso, novos clientes que migraram para o e-commerce passaram a ganhar agilidade para criar um catálogo do zero, baseados em um portfólio predefinido com os produtos mais buscados pelos consumidores”, complementa.

Startups ajudam as independentes

Mas além das grandes redes, farmácias independentes e redes associativistas despontam como nichos promissores para novos marketplaces. Esse segmento é o foco da gaúcha Manda Med. “A solução surgiu para ajudar as pequenas farmácias, notadamente de empreendimentos familiares”, relata a CEO e farmacêutica Cássia Rocha.

A Manda Med já está presente em duas unidades da Agafarma e das Farmácias Associadas no interior do Rio Grande do Sul, mas planeja ainda este ano ter operação em todo o estado. Todo o projeto foi pensado para ajudar a drogaria a competir com grandes redes no mundo digital, de forma fácil e simples, principalmente na parte de cadastro de produtos, entregas com motoboys e divulgação. “Entregamos um serviço diferenciado para as drogarias, tanto com assessoria de marketing digital, para melhorar os resultados das vendas; quanto farmacêutica, com orientações e revisão de todos os materiais”, complementa.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

You must be logged in to post a comment.