UA-84155756-1

MULTIPLICA DIGITAL – TENDÊNCIAS NA EXPERIÊNCIA DE COMPRA DO SHOPPER

By: | Tags: | Comments: 0 | junho 10th, 2022

Tendências na experiência de compra do shopper

Tendências-shopper

Apostar em uma comunicação visual que encanta, um mix mais especifico e cheio de novidades ajuda a ter mais sucesso nas vendas

Cada vez mais nosso shopper busca por inovações e novas maneiras de encontrar o produto que ele busca.

Seja uma experiencia gastronômica, onde ele poderá degustar aquele chocolate preferido num ambiente lúdico e cheio de tecnologias ou até mesmo, num filme que permita que ele sinta os aromas, medo e demais emoções, indiferente da classe social enquadrada, o grande x da questão é: o shopper quer encontrar novidades! E essa vontade não se limita á apenas o mundo gastronômico, tecnológico e digital. Pelo contrário, essa tendência já chegou no ambiente farmacêutico.

Imagine que há uns 10 anos, seu cliente levaria o filho para tomar uma injeção e encontraria um ambiente com um aroma capaz de  acalmar o medo de injeção, uma iluminação aconchegante, uma decoração divertida nas paredes e ao final do procedimento, a criança sairia rindo porque não sentiu dor e ganhou o “certificado de princesa”? Difícil imaginar né? Mas essa é uma das tendências que já está sendo aplicada nos ambulatórios das farmácias. 

Além disso, nosso shopper se gostar, pode inclusive adquirir o aromatizador e os óleos aromáticos que gostou ao sentir dentro daquele ambiente, visto que nas farmácias atuais, já podemos incluir um setor de terapias alternativas/ produtos veganos – uso oral, cosmético, tópico ou difusor de ambientes – onde nosso shopper poderá encontrar todos aqueles produtos “parabéns free”, veggie, cruelty-free, orgânicos. Essa inclusive é uma das categorias de venda que mais cresceu e ganhou força nos últimos 5 anos, com um crescimento de 130%, segundo a Nielsen.

Outra tendência que vem crescendo e tem potencial para crescer ainda mais nas farmácias são as linhas PET. O mercado brasileiro é o terceiro no mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos e Reino Unido em consumo de produtos e serviços para animais. Juntando essa informação a experiencia de compra do nosso shopper, que ao entrar na farmácia poderá encontrar artigos para o seu pet como: acessórios, raçoes, linha de higiene, temos aí um cenário que promove experiencia e comodidade ao shopper que é “pai de pet”. Além da experiencia dentro da farmácia, o shopper ainda poderá encontrar uma área exclusiva para deixar seu pet seguro (caso esteja acompanhado dele) nos ambientes externos da farmácia.

E para aqueles adeptos aos esportes, como o ciclismo (categoria esta, aliás, que ganhou novos adeptos com a pandemia), poderá encontrar nas farmácias, produtos exclusivos de ingestão e uso na pratica desses esportes. Já algum tempo a linha de suplementos vem sendo explorada no varejo farma, mas com o aumento dos adeptos aos esportes e com a restrição ás academias no período de pandemia, os usuários desses produtos tiveram que mudar sua forma de praticar esportes e a farmácia ganhou com isso, um novo perfil de clientes que passou a encontrar nas farmácias que aproveitaram essa oportunidade de negócio, um ponto seguro para adquirir as suplementações, acompanhadas da orientação de profissionais farmacêuticos especialistas em nutrição esportiva. 

Várias farmácias inclusive, incluíram em seu novo layout, uma seção com um mix de produtos muito mais elaborado, com mobiliários destinados a essa classe de produtos e que conversa diretamente com esse público alvo. 

Para explorar um dos maiores públicos  que temos nas farmácias – público infantil – a tendência se baseia em proporcionar as mamães shopper, experiencias de compra que visem o cuidado e bem estar da criança; Para isso, os setores infantis passam a ser elaborados pensando em como proporcionar soluções para os desafios que as mães trazem.  Um exemplo disso, é a colocação de balanças embutidas no mobiliário de parede do setor infantil ( a mamãe vai buscar o leite da criança, por exemplo, e pode já verificar o peso do seu filho), crianças que voltarão as aulas presenciais e poderão encontrar entre os acessórios disponíveis, copos, suportes, lancheiras, além de alimentos nutritivos; Acessórios como chinelos, camisetas com proteção uva/uvb também estão inclusos no mix deste setor, principalmente em farmácias localizadas no litoral brasileiro ou em cidades turísticas. 

E para aqueles que irão presentear a nova mamãe, as farmácias atuais promovem as famosas “listas de presente/chá de bebe”, onde a mamãe escolhe os itens que gostaria de ganhar, os convidados adquirem na farmácia escolhida e a futura mamãe ainda poderá ganhar alguns benefícios por ter escolhido a farmácia! Assim como as listas online de presentes de casamento (que sempre fizeram sucesso nas lojas físicas e virtuais), as listas de chá de bebe estão se popularizando nas farmácias brasileiras!

Outro ponto importante nas novas tendências, é a preocupação com o fluxo do cliente dentro da loja. Que as farmácias já deixaram de ser apenas pontos para aquisição dos medicamentos, isso já sabemos! Mas a inovação atual é pensar em garantir o maior tempo de experiencia possível dentro da farmácia, criando setores que “encantem “nosso shopper e aumente o tempo de permanência do mesmo. Com isso, o shopper consome mais e a farmácia reduz a incidência de “pontos frios” (pontos onde o produto exposto não vende tanto quanto poderia vender se o fluxo de clientes neste local fosse maior). Esse efeito pode ser conseguido com modelos de farmácia que priorizam o fluxo único ( apenas uma entrada e uma saída) , onde nosso shopper passa ao longo do caminho percorrido, por todos os setores da farmácia e nela encontra de forma muito bem posicionada, as categorias de higiene, perfumaria e beleza, contendo desde mobiliários com comunicação visual que encanta, a um mix mais especifico e cheio de novidades do ramo de cuidados e beleza.

No quesito “aparência”, surgem aí 3 tipos de farmácias: as tradicionais ( com os tradicionais mobiliários e mix de produtos), as farmácias boutique ( onde o foco está nos produtos cosméticos, cuidados da saúde, consciência corporal e muito paisagismo na sua proposta) e as farmácias populares ( que investem na experiencia econômica que o shopper poderá ter, comprando em maiores quantidades e pagando menos, em itens geralmente de uso continuo; neste modelo a proposta “promocional” está presente desde o mix, o mobiliário estratégico ( cestões/pilhas) até a identidade visual e padrão de cores.

Como você pode ver, são muitas as inovações surgidas nos últimos tempos! Cabe a você agora, identificar o tipo de shopper que frequenta a farmácia  e explorar as inovações que estão disponíveis! 

Fonte e foto: Diretor da Desenvolva Consultoria, Marcelo Cristian

You must be logged in to post a comment.