UA-84155756-1

MULTIPLICA DIGITAL – FADIGA: SENTIR CANSAÇO É NORMAL?

By: | Tags: | Comments: 0 | março 23rd, 2022

fadiga-sentir-cansaco-e-normal

Fadiga: Sentir cansaço é normal?

O corpo envia uma série de sinais que indicam quando a fadiga deixa de ser uma resposta natural PARA SER um esforço extremo. Estado ofegante, dores no peito e sudorese fria após atividades corriqueiras SÃO SINAIS de alerta

Sentir uma sensação de desconforto depois de um dia atribulado no trabalho, de uma atividade física intensa ou após passar por uma situação de estresse é normal. A fadiga é um sintoma físico ou mental que está diretamente relacionado ao esforço realizado ao longo do dia.

Nesses casos, não é necessário medicamento ou qualquer treinamento para eliminar a fadiga. Quando você descansa, o cansaço some. Porém, quando a estafa persiste, mesmo após um bom período de repouso, é preciso ouvir o corpo e ligar um sinal de alerta.

“Costumamos nos preocupar quando o cansaço se torna progressivo, evoluindo para pequenos esforços, como escovar dentes, falar ao telefone e tomar banho”, destaca o cardiologista com especialização em cirurgia cardiovascular, Dr. Edmo Atique Gabriel.

Os sinais que chamam atenção são: estado ofegante, dores no peito e sudorese fria e podem estar associados a uma série de doenças. Algumas delas crônicas, como estresse, câncer, diabetes descompensado e fibromialgia, e outros males, por exemplo, depressão, hipotireoidismo, infarto do coração, insuficiência cardíaca e enfisema pulmonar.

A solução para casos de fadiga crônica pode envolver tanto o tratamento medicamentoso, como o não medicamentoso. Algumas estratégias como o uso do nutracêuticos podem ser utilizadas.

“Essa reposição varia de paciente para paciente e sempre precisa se levar em conta a doença responsável pela fadiga, para que não interfira no tratamento dela. A prioridade sempre deve ser tratar a doença de base”, afirma a médica, especialista em tratamento da dor pela Associação Médica Brasileira (AMB) e docente da pós-graduação de Dor no Hospital Israelita Albert Einstein, Dra. Amelie Falconi.

Existe no mercado uma série de nutracêuticos que podem auxiliar no tratamento da fadiga. “De uma maneira geral, são polivitamínicos, que têm recomendações diárias de nutrientes indicados pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Associados a isso, costumam ter um extra de zinco, para ajudar na imunidade; e de arginina, aminoácido fundamental pelo bom funcionamento da mitocôndria, que por auxiliar na respiração celular, tem ligação direta com disposição e níveis intelectuais”, explica o nutrólogo e dermatologia, Dr. Rafael Soares.

A escolha do produto mais adequado deve levar em consideração as comorbidades do paciente, os medicamentos que ele utiliza rotineiramente, o tipo de hábito alimentar e outras queixas. Independentemente da escolha feita, o mais importante é tratar o motivo que está desencadeando o cansaço e rever alguns hábitos de vida.

“Medidas simples, como ajuste na dieta e hidratação, higiene do sono e prática de atividade física devem ser estimuladas em todos os pacientes que sentem cansaço”, recomenda a Dra. Amelie.

Fonte: Guia da Farmácia
Foto: Shutterstock

You must be logged in to post a comment.