UA-84155756-1

MULTIPLICA DIGITAL – DICAS PARA MELHORAR A ATENÇÃO FARMACÊUTICA PARA O DIABETES NA SUA FARMÁCIA

By: | Tags: | Comments: 0 | julho 5th, 2021

Dicas para melhorar a atenção farmacêutica para o diabetes na sua farmácia

atenção-farmacêutica

Confira as orientações da palestrante e consultora de empresas, Silvia Osso

O diabetes continua no topo da lista de doenças crônicas não transmissíveis mais prevalentes no Brasil e no mundo. De acordo com estimativas da International Diabetes Federation (IDF), até 2045, haverá um aumento de 55% no total de casos, ou seja, um incremento de 49 milhões de novos diagnósticos.

Então, o que as farmácias podem oferecer para ajudar esses pacientes? Confira as dicas da palestrante e consultora de empresas, Silvia Osso.

  • Sortimento completo: pode-se fazer um cadastro para oferecer o mix de produtos de que eles realmente precisam. O atendimento personalizado gera um consumo maior do shopper.
  • Promoção de eventos: promover qualquer tipo de evento para esse público gera bons resultados. Uma sugestão é a realização de testes de glicemias em datas especiais, formulário próprio das medições com datas, palestras sobre a doença e a importância da alimentação, caminhadas em locais próximos da farmácia patrocinados por ela ou exercícios à sua porta, como no estacionamento, incentivando os clientes à prática regular de atividade física.

Cuidados especiais 

Para as farmácias que prestam serviços farmacêuticos – como glicemia capilar –, além da manutenção dos aparelhos, é importante Procedimentos Operacionais (POPs) indicando claramente equipamentos, técnicas e metodologias utilizadas, parâmetros de interpretação de resultados e referências bibliográficas.

Sortimento indispensável para a atenção farmacêutica ao diabetes

  • Acessórios: como medidores de pressão, sapatos, palmilhas e meias especiais para o amortecimento e prevenção de ferimentos nos pés.
  • Artigos para o controle glicêmico: como monitores, lancetas e tiras reagentes.
  • Artigos para o tratamento e a prevenção da doença: como soluções para limpeza prévia da região a ser aplicada, cremes hidratantes, protetores de pele, antirrachaduras e curativos pós-aplicação.
  • Aplicadores de insulina: como canetas, agulhas, seringas e antisséptico para limpeza prévia da região a ser aplicada, além de curativos pós-aplicação.
  • Alimentos: como produtos diet, adoçantes, vitaminas e suplementos alimentares.

Fonte: Guia da Farmácia

Foto: Shutterstock

You must be logged in to post a comment.