UA-84155756-1

MULTIPLICA DIGITAL – COMO GANHAR A ATENÇÃO DO USUÁRIO NO SEGMENTO DE SAÚDE E BELEZA

By: | Tags: | Comments: 0 | março 7th, 2022

Como ganhar a atenção do usuário no segmento de saúde e beleza

beleza

De acordo com o relatório do Euromonitor International, o Brasil é o quarto maior mercado de beleza e cuidados pessoais do mundo

Cada vez mais, se fala sobre os cuidados com nossa saúde e também com nosso bem estar. Esse nicho tem uma demanda permanente, vendo ainda mais popularidade hoje do que nunca. Uma pesquisa do instituto Mckinsey aponta que o mercado global de beleza e saúde cresce de 5% a 10% ano a ano.

De acordo com o relatório do Euromonitor International, o Brasil é o quarto maior mercado de beleza e cuidados pessoais do mundo.

As vendas podem ser estimuladas por vários fatores que moldam o mundo de hoje, desde tendências de estilo de vida saudável até uma pandemia.

Dessa maneira, mais pessoas estão dispostas a comprar online, e essas também estão mais exigentes. Nesse cenário, como ganhamos a atenção do usuário?

Enfatizar a conscientização de marca

As pessoas sentem uma conexão emocional com marcas renomadas e confiam nelas.

A maioria dos usuários preferiria, então, obter um item de uma marca familiar em vez de um rótulo sem nome – especialmente no contexto de saúde e beleza.

Todavia, atualmente, há algo mais relevante na percepção do usuário, a responsabilidade social. Inclusão, diversidade e sustentabilidade serão estruturais daqui para frente para qualquer iniciativa de marca.

O status da marca diante dessas questões também desempenha um papel importante.

Como oportunidade de negócio, temos a transparência em relação às iniciativas, da marca ou do produto, responsáveis e conscientes. No setor de beleza, uma pesquisa da Grand View Research indica que o mercado global de cosméticos veganos deve atingir US$ 20,8 bilhões até 2025, uma taxa de crescimento anual de 6,3%.

Personalizar a comunicação

É de conhecimento comum que os usuários preferem mensagens de marketing personalizadas. Essa regra se aplica a quase todos os nichos, especialmente produtos relacionados a cuidado pessoal e saúde.

Torna-se essencial realizar abordagens personalizadas, com base tanto nas preferências, compras anteriores como na identidade do cliente. É preciso preparar uma comunicação que não apenas chame o cliente pelo nome, mas que destaque a personalidade dele, que cada vez mais irá valorizar marcas com pluralidade identitária.

Use tecnologia de direcionamento e retargeting, dados de CRM, e-mail e serviços de mensagens pop-up para trazer mais personalização.

Configurar o UX inteligente

Ofereça aos usuários os produtos em que eles estavam interessados ou compraram. Essa seção geralmente é chamada de “Você também pode gostar” ou “Itens relacionados”.

Facilite a tomada de decisão do usuário, é necessário criar uma página rica em informações. Forneça os produtos com uma descrição detalhada, imagens, classificações e comentários.

Configure um recurso de pedidos regulares. Caso um usuário peça um produto de uso contínuo, convide-os para configurar pedidos automáticos em um determinado intervalo de tempo.

Portanto, será útil para o usuário e rentável para você.

Introduzir os produtos

Qual é a finalidade de um produto? Eu realmente preciso comprá-lo? Como eu uso isso? Como faço para escolher o certo? Essas dúvidas e perguntas cercam os usuários, e você pode ajudá-los.

Descreva em detalhes como tudo funciona. Fornecer exemplos, casos, revisões e guias; oferecer um período de teste.

Conteúdo ou páginas de destino personalizadas para produtos específicos podem ser uma boa ferramenta para explicar como novos produtos e serviços funcionam.

Acreditar no poder do conteúdo

O conteúdo pode ajudá-lo a atrair usuários, conquistar sua confiança e fidelidade e, eventualmente, promover produtos e serviços.

Para fazer com que seus textos sejam exigidos, construa uma semântica com cuidado e forneça informações valiosas.

Você pode buscar inspiração no Google Trends ou no mecanismo de pesquisa para escolher tópicos de conteúdo.

Especialistas de marketing confirmam que os sites de saúde combinam bem com infográficos, visualização de dados e conteúdo interativo. A melhor maneira de explicar questões mais complexas é usar recursos visuais.

Experimentar mais o uso de vídeos

Autocuidado e beleza é a melhor indústria para vídeos. Influenciadores ensinando como usar produtos de beleza e fazer maquiagem, com resenhas de cosméticos, têm milhões de seguidores.

Há uma enorme variedade de formatos. Revisões, unboxing, comparação, guias etc. Lembre-se de que o YouTube não é apenas uma mídia social, mas um mecanismo de pesquisa que processa mais de quatro bilhões de consultas mensais.

Procure influenciadores relevantes em seus próprios mercados, blogs ou opte por vídeos em seu canal próprio.

Ao adicionar conteúdo de vídeo no seu site, você pode melhorar significativamente sua classificação nos mecanismos de buscas e até aumentar a CTR média e a duração da sessão.

Não tenha medo de novos formatos

Mídias sociais e vídeos são ferramentas poderosas. Mas você pode gerar muito mais tráfego com uma abordagem mais ampla.

Live Commerce, por exemplo, assim como podcast, são ótimas formas de melhorar as vendas das empresas e também aproximar as marcas de seus consumidores. Sephora, McDonald ‘s, eBay e Microsoft já realizam seus programas de podcast e já existem inúmeros podcasts de beleza no mercado. Então é possível cooperar com os autores existentes para promoção.

Pinterest, messengers, e-mails marketing com alto nível de segmentação, serviços de recomendação, lealdade e de cashback podem ser boas estratégias de crescimento e de novos canais.

Concentre-se nas plataformas que seus usuários-alvo costumam visitar e lembre-se de que comentários relevantes em sites populares também podem funcionar como uma ótima fonte de tráfego.

Fonte: E-commerce Brasil

Foto: Shutterstock

You must be logged in to post a comment.