UA-84155756-1

MULTIPLICA DIGITAL – COMO EXPLORAR OS DERMOCOSMÉTICOS E NUTRICOSMÉTICOS NAS FARMÁCIAS?

By: | Tags: | Comments: 0 | outubro 23rd, 2020

Como explorar os dermocosméticos e nutricosméticos nas farmácias?

dermocosméticos-nutricosméticos

Especialistas em HPC dão dicas de como os dermocosméticos e nutricosméticos podem ter uma melhor organização nas gôndolas das farmácias

Nos últimos anos, a valorização dos cosméticos tem impulsionado, por tabela, também os dermocosméticos e nutricosméticos, mas como expô-los corretamente no ponto de venda?

Confira as dicas da CEO da Connect Shopper e idealizadora do grupo Mulheres do Varejo, Fátima Merlin e do gerente de projetos da Mind Shopper, Cristiano Samara.

Exposição

O primeiro passo é entender quais as necessidades do shopper e segmentar a categoria com este pensamento.

Em relação aos dermocosméticos, é preciso separar os produtos para rosto, mãos e cabelos, por exemplo.

A partir disso, cada categoria tem uma hierarquia de decisão: o que é mais importante para o seu consumidor? O tipo de produto, a embalagem ou o preço? Por isso, é essencial entender o perfil do seu público (idade, sexo e outras particularidades).

Lembrando que a exposição é muito importante, pois cerca de 80% da decisão do shopper está ligada a ela.

Sortimento ideal

Após entender melhor a categoria, é preciso pensar sempre na solução para o mix.

O primeiro exercício é entender “qual o seu objetivo com a categoria: gerar fluxo, aumentar a rentabilidade ou elevar o tíquete médio?”.

O mix ideal também depende das questões estruturais da loja, qual o espaço físico para exposição e equipamentos de apoio disponíveis.

Atendimento

Este é o diferencial do canal farma em relação a outros varejos, pois o shopper tem alguém dando suporte para orientar em relação ao benefício do produto, uso e as melhores combinações.

Além disso, a própria gôndola pode ajudar neste papel, com uma comunicação que ajude o consumidor a entender os produtos e o apoie na tomada de decisão.

Como atuar com nutricosméticos?

Esta categoria costuma ter baixa penetração e de pouco conhecimento do público em geral.

Por isso, explicar ao shopper e ao consumidor os benefícios e as diferentes funções de cada produto é o primeiro passo para potencializar as vendas.

Ninguém quer comprar um produto de alto valor sem entender claramente qual é a sua função, os benefícios e a forma correta de uso.

Como vender anti-idades na farmácia? Veja os melhores argumentos 

Setor cosmético e pandemia: os desafios de hoje e de amanhã 

Fonte: Guia da Farmácia

Foto: Shutterstock

You must be logged in to post a comment.