UA-84155756-1

CONCEITO DE FARMÁCIA ESTÁ EM TRANSFORMAÇÃO NO BRASIL

By: | Tags: | Comments: 0 | janeiro 8th, 2018

Com a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para que farmácias e drogarias de todo o País possam oferecer o serviço de vacinação em suas unidades, o setor de varejo farmacêutico se prepara para significativas mudanças nos próximos anos. Sérgio Mena Barreto, presidente executivo da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), diz que há um potencial de expansão entre US$ 2 bilhões e US$ 4 bilhões em receita nos próximos anos com essa nova resolução, com a entrada de 20 milhões a 40 milhões de potenciais clientes. “O papel da farmácia é ser um agente complementar na área de saúde”, afirma.

 

• O que já mudou com a resolução da Anvisa em dezembro?

Mesmo com a resolução aprovada em dezembro, o varejo farmacêutico já estava se preparando nos últimos anos para prestar esse serviço. Das 7 mil unidades associadas à Abrafarma, pelo menos 1,4 mil já possuem salas de serviço. As farmácias podem prestar serviços de saúde e já fazem pequenos monitoramentos em suas unidades. A expectativa é crescer o faturamento do setor. Nos Estados Unidos esse serviço já é autorizado. A diferença é que a lei é estadual e vale para cada Estado. A vantagem no Brasil é que a lei é nacional.

 

• Qual é o potencial de expansão?

Há uma expectativa de agregar de 20 milhões a 40 milhões de pessoas, com uma receita média entre US$ 2 bilhões e US$ 4 bilhões nos próximos anos.

 

• O conceito de farmácia mudou?

O conceito vai mudar mais. Nos últimos dez anos até 2017, a venda de não medicamentos cresceu consideravelmente. No ano passado, estacionou, como reflexo da crise. A nossa prévia indica que a receita do setor atingiu R$ 44,4 bilhões entre janeiro e dezembro, alta de 8,8% sobre o ano de 2016.

 
Fonte: Jornal O Estado de S. Paulo
 


Compartilhe no Facebook

You must be logged in to post a comment.